quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Dias de outubro

Imagem:by_nikolinelr-d306xih


Quer saber? A realidade, mais desagradável e sem luxo, exata e mais discreta é que pesa essa tua ausência. Esse vazio, essa pausa, essa lacuna, esse feriado não determinado ou ilimitado, sem denominação ou sequer, coerência. Pesa essa tua ausência, faz um sulco em minha pele, deixa estampada na minha cara um cinza borrado de maquiagem, uma descrição obscura de mim mesma. E é a partir daí que vou me remodelando: da tua ausência. Sinto os [d]efeitos colaterais da tua falta, e esqueço dos dias em que esteve aqui, do contorno dos teus lábios, to teus olhos que sorriem, desse teu quase-louro cabelo, do  gosto do teu corpo de manhã. Mas não me canso: Pesa essa tua ausência, que empacou no meu calendário todas as vezes que lembro de ti, esse teu pesar que demora as horas, que acaba com os sons lá fora, que faz o clima mudar, que me toma, que me muda, que me deixa com a leve impressão de ser outra pessoa, para que afinal eu possa continuar... "with or without you..."(8)

8 comentários:

Tatiane Trajano disse...

E pesa tanto, tanto...

Simplesmente, Lindo!
Muito bom mesmo Juliana

Beijosssss

loooolly. disse...

Muito bommmmm

Anônimo disse...

êra boi, senta poeira boi...
êra boi, senta no pó
é nois;

. disse...

é... "com ou sem você". Triste, mas real.

Kalie Cullen disse...

só fui ver seu coment no meu blog agora...andei com a conexão bem chata.

apareça no msn!

:****

Rafael disse...

Hum? Não entendi o comentário do anônimo, ahuahauhauh
Belo texto, moça...
bjs

Jf. Barbosa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jf. Barbosa disse...

Essa ausência de alguém, ou de ninguém.. a inquietude da alma.. alma sofrida, alma desbotada e sem nome.
Sempre a espera de companhia, seja ela qual for.
Desgraço-me a pensar e a lutar contra mim mesmo.
Essa dor nunca passa...

------------------------

Beijos e obrigado pela dica.. um dia tentarei ir lá!
Gostei do teu blog. Estarei sempre por perto.. :)