terça-feira, 13 de abril de 2010

Qual é a hora certa para ter filhos?

Para ser honesta, seria nunca!

Eles choram o tempo todo, sem pausa.
Não dormem. Nunca.
E não são muito bons de papo.
E como se não bastasse, eles ainda tiram tudo o que você tem.

Tempo, paciência, concentração, o foco e o sono.

Tudo, até não sobrar nada para você.
Mas hoje, o Henry me acordou, me enchendo de beijos dizendo que estava sol.
Daqueles que podem ser confundidos com música.
Ele conseguiu ver um sol, num tempo não tão bom assim.
E isso me deu orgulho.
Uma alegria besta de mãe descontrolada e irracional.
Ter filhos é a melhor coisa.
Eles nos pintam sol ao invés de chuvas e tempestades.
Plantam poesias nos nossos corações.
E se você estiver esperando a "hora certa", você nunca terá filhos.



13 comentários:

FILhote disse...

Eita que mãe mais babona. Quanto orgulho...

Rique Farr Sunsa disse...

O chará de nome de rico é a coisa mais fofa...
Eu sempre quis ser pai, mas acho que antes preciso libertar-me de alguns vícios.
kwa kwa
Mas, tu, Ju-da-cabeça-oca, nasceste para ser mãe.
Tem mó cara, mó jeitão...

Bluuurr para tu!

daufen bach. disse...

risos...
(navegando, aportei)
aqui sorrindo, filho é uma festa, muito bom! eu que nunca me preocupei com tempo, ja arranjei logo 5 que é pra festejar geral...rs.

adorei o blog, parabéns!!

daufen bach.

gabriela m. disse...

tenho uma vontade danada de ser mãe. mas posso esperar,e preciso.
porque antes de ter um filho, eu preciso achar um pai decente pra ele, mesmo que não fique pra sempre comigo, vai ser pra ser sempre pai do meu filho.


beijo no henry, flor :*

Núbia disse...

que triste....então nunca vou ter filhos!!!!

Kalie C. disse...

=)

Acabei de estar com uma amigona em SP q tem uma menina foférrima de 1 ano e vi tudo que vc descreveu aqui..e como apesar de tudo, além de tudo, ela adora a filha e se diverte demais com ela!!!

É magia/amor!!

:-)

beijos procês!!

Tatiane Trajano disse...

E nunca quis tanto ser mãe como nos ultimos tempos. Mas na verdade, preciso esperar um pouco. Não o tempo certo, mas o tempo necessário para "acertar alguns detalhes".

=**

Beijo no filho!

Filipe Garcia disse...

Hoje, ser mãe (pai também, suponho) é estar disposto a enfrentar uma guerra futura. O mundo nunca esteve tão maluco, tão cheio de coisas estranhas, tão comum o desamor.

Se eu, um dia, vier a ter filhos, que seja quando minha esperança no mundo vier à tona. Mas como eu sei que isso não vai acontecer, minha mulher vai choramingar todos os dias, suplicando pra que eu queira um pequeno. E então, me rendendo, eu terei dois, três, quantos forem... filho é um presente.

Sylvia Araujo disse...

Ahhh, que delícia. Esses beijos de bom dia já trazem o sol em si. É a poesia dentro de um olhar puro e um mundo inteiro em mãozinhas mínimas. Ter filhos é acordar todos os dias e desaprender a ser adulto.

Lindo!

Beijoca, Julina

Rafael disse...

É, eu não quero ter filhos tão cedo...
Acho que quando eu tiver uns 75 anos...
:P
hauhaua
Bjs

Hamlet disse...

Crianças tem o grande poder de enxergar luz nas trevas, a inocência de uma criança é o que nós sentir inveja do passado.
Belo texto, emocionante Julieta.

Hamlet disse...

inocência de uma criança é o que nós faz sentir saudade do nosso passado.

Joe disse...

prefiro cachorros!!