sexta-feira, 2 de abril de 2010

Palavras



"Das flores de versos

E versos de flores
que falam sem boca
Vêem sem olhos
Sentem sem pele..

Tua presença se faz sentir
em qualquer ponto do horizonte
Teu Amor me faz sorrir
A Estrela que me faz brilhar
O sorriso pra recomeçar
O caminho para meu lar

Sou eu, é você, todos somos
Um, dois, tantos, sem fim
Natureza mutante, loucura sagrada
União de opostos, muitos, misturados
É aonde estamos, o que somos
Pra onde vamos..

Mas viva o incerto, viva o não-saber
Viva o sentir
Viva o viver!!!!!!"

Kalye

2 comentários:

Kalie C. disse...

=D

:***

Joe disse...

Juro, sem nexo.
Sem preconceito meu.
E sem nexo seu.
Ou de quem escreveu.
Não leu.
O pau comeu.