quinta-feira, 21 de maio de 2009

[Re] Compor




Cansei de escrever coisas sobre o amor. O quanto ele é bom ou o quanto me feriu. Simplesmente cansei. Pronto. Talvez não há mas poesia em mim.Ah! Acontece. Já devia ter imaginado. Já é madrugada, estou sem sono. Que merda estou escrevendo por aqui? Está tarde para sonhar, principalmente acordada com você.É hora de acordar. Pegarei o primeiro ônibus e colocarei meu pé na estrada, deixando o amor, você e alguns band-aids para trás. Esquecer da saudade. Ah! Que saudade. Pode ser tarde, para você. Ou não. Sorte no amor? Vamos voltar? Lá para trás.Da janela onde tinha uma varanda e um jardim. Me leva para lá outra vez. Já estamos quase um junho, eu preciso compor uma música. Ou um novo coração. Sabe onde vendem um semi-pedra ano 2010? Liga para mim, só para me avisar.Preciso escrever um conto, cansei dos de fadas. Preciso de um novo coração. Esse aqui está dolorido. Esse aqui reclama e pulsa muito forte quando vê você me apagando por aí. Enquanto não acho outro. Vou fugir desse...Que lê demais e escreve pouco.

Um comentário:

Kalye Duranki disse...

O bom é que tudo na vida rende..o pior, o melhor..tudo dá frutos e de tudo tiramos muito..se soubermos tirar. Extrair. Como um suco mesmo.

Mas que seja doce o suco que você tira dessa fruta chamada desilusão que existe por aí em toda parte.

Acho que existe pra nos mostrar que se a vida fosse apenas sol e flor e sorriso e amor nada evoluiria, não sairíamos do mesmo lugar.

Saia.
Arrisque-se.
Arrisque-se em você.

E existe muito mais na vida do que as piores tristezas que sentimos..pode ter certeza.

:****