quarta-feira, 10 de junho de 2009

Escolha um nome.

©2008-2009 =incredi

“Eu, na minha autêntica superproteção, que imaginei desaparecida, sem ao menos haver lido o conteúdo do seu blog, questionei sobre "crase"! Você, hoje, pode dar aula para mim, viveu mais do que eu vivi, com tudo o que já aprendeu e assimilou com a vida, que importância teria um indelével erro de gramática, se houvesse um!
Estou impressionada com sua coragem: Por viver estas experiências e divulgá-las. Nos primeiros dias de vida, olhei você (neste momento, estou arrepiada com a lembrança) e senti que não nascera para mim. Era muito forte. Fisica e interiormente. Deus a protegerá sempre. Beijos de sua mãe”
Ela disse.


Nota: Só uma mãe poderia escrever em poucas linhas adjetivos tão coesos sobre uma pessoa da altura que ela tem. Ela não nasceu para a mãe, mas o mundo não tinha dúvidas que ela o pertencia.


Inspirada por Kalye, Diana, ou outras vidas nela. A primeira pessoa que me incentivou a fazer esse blog.


Um comentário:

Kalye disse...

Aaah seu vavá...e agora o que eu digo?

te amo juju, vc é foda, somos todos foda \o/ \o/ \o/

e viva os buddypokes!!!!

kkkkk

e os emoticons todos!


escreva, leia, viva, caminhe, ame, seja, sempre, sempre, mais...

mais e mais e mais..

E MAIS!


beijos, minha querida amiga!


obrigada!


*i'll stand by you*

S2