quarta-feira, 17 de junho de 2009

Um brinde.

©2008-2009 ~Aisis



Aquela sentença não saia da memória dela: Homicídio doloso, ela só tinha 25. Dessa frase, ela havia atribuído um grande valor à sua vida. Desejou comemorar com o assassino. No vinho dele havia suor, lágrimas e veneno.

2 comentários:

Mario disse...

Gostei do seu blog, Juliana.

Jéssica V. Amâncio disse...

forte. tanto o legível quanto o bebível .