quarta-feira, 28 de outubro de 2009

" I just call"


Por um instante ela pensou em dar um fim no que sobrara de créditos em seu celular. Pensou em ligar pra ele. Discar um DDD, coisa e tal. Falar em voz bem alta que sentia a falta dele e que o amava. Que seu estômago estava dolorido, a boca seca e o coração apertado, assim como os minutos restantes. Desejou ouvir o mesmo. Mas a bateria acabou. Ficou ali parada sem saber o que iria fazer. Na dúvida, sustou-se. Ficou muda, afastaram-se, não viveram felizes para sempre, mas mesmo assim amavam-se.

11 comentários:

Athila Goyaz disse...

Já vivi tanto esse dilema de celular! rs

Mas hj estou perplexo pois tenho créditos e bônus, porém ninguém pra ligar. :S
bjus

Marie disse...

Mas por que não fez uma gambiará no Orelhão????
Talvez assim ela não teria mais borboletas no estômago. Amooo seus textos...beijos

! Marcelo Cândido ! disse...

celular sem crédito é como uma pessoa sem coração, não dá, não rola
!!!

abraço grande

Tatiane Trajano disse...

Esses dias eu peguei o celular, quis ligar... Falar das saudades que sinto e dos sentimentos que ainda existem.

Mas aí, eu fui ler... E os dias estão passando! =S

*tem selo pra vc no meu blog.

Salve Jorge disse...

Liga
Se o a vda desliga
BAsta um dedo
E tudo se liga
Prá que o medo
Conserve-o
MAntenha ele aceso
Mas não acabe cedo
Aceitando a imposição de um degredo
Degredo de uma figa
Enfrente o frio na barriga
E aceite dica amiga
Liga
Que amor há que se exercitar...

Kalye Duranki disse...

gostei do telefone perdido no meio do campo...

Kalye Duranki disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
gabriela m. disse...

tantas coisas a gente perde por inércia...

p.s.:
adoro o teu jeito de usar as palavras :)

Inês disse...

Oi, moça!
Obrigada pela visita!

Estou passando por aqui pra ver seus poemas súbitos!

Um abraço!

Rafael disse...

Celulares são coisas podres.

Iara disse...

Se eles se amam , por que se afastaram?
isso sepre acontece, o amor perfeito é aquele impossivel...
=/
amoo seus textos