segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Primavera.


Era uma vez uma estrada de barro. Um vilarejo qualquer. E um poema feito no ônibus. Senti falta. Era uma vez uma angústia no peito também ... Era uma vez uma gargalhada, só de lembrar das nossas tolices, das nossas piadas sobre elementos químicos e cantores carecas falidos.E o tempo passa, na época eu era a malvada, e juravam que eu havia te levado para o mau caminho. Até você ter assumido toda uma culpa. Culpa do quê mesmo? Acontece que nessa noite eu senti você bem aqui, clichê ou não. E, aqui na minha memória, imaginei-te nas estrelas, assim como o brilho dos teus olhos pequenos. Mas ninguém pode saber, ok? Também lembrei das flores e por incrível que pareça de muitas coisas coloridas. Essa vontade de cores me dá quando vejo você. Queria ouvir você tocando o seu violão. Até ele já virou piada. Lembra? Então eu falo que quero ouvir a nossa música. Eu fui embora no outono passado. Colhi os restantes das folhas caídas no chão. As coloquei numa caixa, junto com as flores que você me deu. E quando entrar setembro, quero sentar ao seu lado, mais uma vez: Você colhe uma flor e coloca nos meus cabelos. Daquele nosso antigo, novo jardim.

12 comentários:

radik disse...

Este texto me bateu um cheiro de "casa nossa" na pontinha do nariz...

É. Há coisas que a reciprocidade toma pra ela,
e não devolve jamais.

Um beijo. Com cores de todos os tons.

Tatiane Trajano disse...

... flor que em meu jardim não brota mais, flor que se foi no outono, e ansiosa espero a primavera voltar... nasceras em mim outra vez?


=******

Gabriela M. disse...

parece filme romântico...

Kalye Duranki disse...

*aplausos*

essa menina vai ganhar o oscar de poetisa do ano...rsss

aah mas quantas entrelinhas por aqui, hein? eu achei várias!! reconheci tanto!
quanta história em 1 ano!!!
;-)

:***** jardineira!!

Iara Rabelo disse...

"No inverno te proteger,
No verão sair pra pescar,
No outono te conhecer,
-Primavera poder gostar-
No destino que se cumpriu
De sentir teu calor e ser todo,
Todo dia é de viver
Para ser o que for e ser tudo"


Fazendo piada de tudo e vivendo na malandragem! Isso q é lindo!


Beijooo

▒▓█► JOTA ENE ® disse...

ººº
gostei... que sensibilidade...

bjoss

Eloisa Faccio disse...

Juro qeu eu li Poucos Dentes no teu perfil do blogger. Me envergonhei.

Beijo.

Anônimo disse...

Me pareceu mais uma música de Vitor e Léo do que qualquer outra coisa...

=P





joe

Vanessa disse...

Lindo!

:)

▒▓█► JOTA ® disse...

ººº
.....oooO.............
....(....)....Oooo....
.....)../. ...(....)..
.....(_/.......)../...
.............. (_/....
... PASSEI POR .......
.......... AQUI ......
......................


► p'ra desejar bom f-d-s

NOTA: O link do " INCONGRUÊNCIAS " foi alterado.

Se vc tá com paciência, altera tb o link nos teus favoritos para acompanhar os ultimos post's

Essa é a nova morada:
http://hard-jota.blogspot.com/


Bjsssss

--
► Jota Ene ๏̯͡๏

Kalye Duranki disse...

tá bombando isso aqui hein!! uhuuuuu issaaaaa

Núbia disse...

kALYE PRA TODOS OS GOSTOS....