segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Deitada.


Imagem: Orzz

É o sonho.De valsa.Um círculo.Vicioso.De percorrer o mar. Um navio. Na internet.Navegar.É o solo. De jazz. Da Terra. De Marte.Passo. Sem compasso.É o som. 1,2,3,4 testando.É o ressonar. No sono. É o céu. Da boca. A correnteza de água. Viva!São esses versos. Sem nexo.Complexos... No plexo. No vaso.Da minha flor.


2 comentários:

radik disse...

Complexo é te receber e não te cobrir de palavras lindas.
Complexo é a simplicidade dos amores.

E você, prova viva de como se conjugar, verbos e cores.

Um beijo na bochecha
Daqueles gostosos
;)

Kalye Duranki-Amon disse...

De pés pro alto, sonho, converso, imagino..
quando estamos ao telefone estamos noutra sintonia, noutra dimensão...
=)

fale!