sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Over-verso

Uma verdade absoluta: Não há perfeição.É uma fantasia influente. Sem igual. A cada
um. Ou quase todos. Inclusive, eu. Alguns reparos aqui. Outros, acolá. Alinhar os erros. Versos com recheio de perfeição. Com uma calda vermelha artificial. E os parabéns vão pra quem? Uma verdade absoluta: Não há perfeição. Atrevo-me a divergir. Há perfeição. É uma pedra preciosa na alma de cada um. Há perfeição em tudo que desejamos, nos versos. Inclusive, em mim.

2 comentários:

radik disse...

Lindo!
Sem querer ser o repetitivo de todos os comentários. Lindo o que você escreveu.
Não podia ser diferente.
"Versos com recheio de perfeição. Com uma calda vermelha artificial."
E mais todo o resto, prazeres em formato de palavras. Degustação da TUA literatura.

Encantado. Deveras congruente.
Em outras palavras.
Queixo caído, orgulho no canto dos olhos.
Que bom te ler. Que bom te ler..

Beijosss

Kalye Duranki-Amon disse...

Caraca mano...arrasou hein!!

°É uma pedra preciosa na alma de cada um. Há perfeição em tudo que desejamos, nos versos. Inclusive, em mim.°

Sinixxxxxtro aí!!!

\o/