quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Pre-fácil




Abro o zíper.
Do teu livro.
Recito o prólogo.
Na minha boca.
As palavras caem.
Beijo-as.
Cuspo uma interrogação.

(*)

2 comentários:

radik disse...

Plagio o que você comentou.
Com uma ressalva.
Além dos poetas, eu também fico orgulhoso.
E talvez um pouquinho a mais que todos eles... juntos.


Beijoooo

radik disse...

Ixi...
Me compliquei então.
Me fiz de pretensioso. rs

Mas foi só pra demonstrar tamanho orgulho.

Beijos